Economia

Na Alemanha, instituto Ifo prevê que inflação ao consumidor atingirá 3% este ano


A inflação ao consumidor na Alemanha deverá atingir 3% este ano, segundo estudo do instituto alemão Ifo. O avanço em 2021 é atribuído à fraca base de comparação do ano passado.

“A redução temporária do IVA (imposto sobre valor agregado) no segundo semestre de 2020 e o tombo dos preços de energia durante a crise do coronavírus geraram preços excepcionalmente baixos em 2020”, explica Timo Wollmershäuser, chefe de projeções do Ifo.

O estudo, publicado nesta quarta-feira, mostra também que os preços se aceleraram ao longo deste ano, principalmente no caso de energia, alimentos e algumas indústrias de serviços, diz Wollmershäuser.

Para 2022, a expectativa do Ifo é que a taxa de inflação alemã desacelere para 2% a 2,5%.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais