Geral

Na Alemanha, homem hétero, casado e pai de três filhos usa saias e salto para provar que roupa não tem gênero

Crédito: Reprodução/Instagram

Na Alemanha, aos 61 anos, o norte-americano Mark Bryan decidiu se libertar e adicionar dois novos itens em seu guarda-roupa: saia e salto alto.

Especializado em engenharia robótica, Mark é hétero, casado, e tem três filhos. No Instagram ele já acumula mais de 50 mil seguidores, e por lá ele apresenta seus looks que transitam entre o que é considerado feminino e masculino, confrontando estereótipos e a ideia de que roupas têm gêneros. “Sou apenas um cara heterossexual e bem casado que adora Porsche, mulheres bonitas, e que incorpora saltos altos e saias em meu guarda-roupa diário”, se define Bryan.

Segundo o Bored Panda, Mark experimentou saltos quando ainda estava na faculdade, a pedido de sua então namorada. As saias só começaram a compor seu look em 2016.

O engenheiro comentou que suas peças favoritas são os sapatos de salto alto e a saia lápis, mesmo não os considerando muito confortável. “Mas realmente gosto da aparência dos saltos com uma saia justa”, explicou Mark.

Bryan contou que tem sua sexualidade contestada constantemente, o que o deixa um pouco irritado. “Na maioria das vezes, respondo que não é da conta das pessoas, nas outras apenas falo que sou hétero”, revelou ele.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel