Mundo

Myanmar começa a recolher corpos de vítimas de acidente aéreo


RANGOON, 8 JUN (ANSA) – A Marinha de Myanmar anunciou nesta quinta-feira (8) a retirada de 10 dos 122 corpos das vítimas da queda de um avião militar, ocorrida ontem (7), no oceano que banha a costa da cidade de Laung Lone.   

O general Myat Min Oo informou que, entre as vítimas já resgatadas, há crianças e mulheres. Os militares também conseguiram recuperar partes da aeronave para tentar descobrir o que provocou o acidente.   

O avião de fabricação chinesa Y-8 tinha saído de Myeik com destino à Yangon, a maior cidade do país, no início da tarde de ontem. No entanto, a aeronave perdeu contato por volta das 13h35 (4h35 no horário de Brasília) e ficou desaparecida por horas.   

No avião, estavam militares e suas famílias além de 14 pessoas que faziam parte da tripulação. Ainda não está claro o que aconteceu, já que o clima estava bom na região no momento do acidente, e a aeronave turboélice tinha apenas 809 horas de voo, tendo sido comprada em março de 2016. (ANSA)

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio