Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

MILÃO, 13 MAI (ANSA) – O bilionário Elon Musk suspendeu temporariamente o acordo para a compra do Twitter após a rede social estimar que as contas falsas ou de spam representam menos de 5% de seus usuários ativos.   

O dado está em um documento sobre os resultados do primeiro trimestre protocolado pela empresa. “Acordo do Twitter temporariamente suspenso, na espera de detalhes que sustentem o cálculo de que as contas falsas e de spam de fato representam menos de 5% dos usuários”, escreveu Musk nas redes sociais.   

No fim de abril, o conselho de administração do Twitter aceitou uma oferta do homem mais rico do mundo para comprar 100% das ações da rede social por cerca de US$ 44 bilhões. Com isso, a empresa se tornará uma companhia de capital fechado e com um único dono.   

A operação, no entanto, ainda precisa do aval dos acionistas e de órgãos reguladores. Uma das promessas de Musk é a de eliminar as contas falsas no Twitter. (ANSA).