Esportes

Musica de Tchaikovsky pode ser usada pela Rússia nos Jogos Olímpicos de Tóquio


Como não pode usar o nome da seleção russa, a bandeira e o hino nacional nos Jogos de Tóquio, banidos por dois anos das Olimpíadas e campeonatos mundiais por conta dos escândalos de doping, o Comitê Olímpico Russo pretende utilizar uma música do compositor do século XIX Pyotr Tchaikovsky.

“Encontramos um compromisso para todas as partes. Esperamos que o Comitê Olímpico Internacional aceite nossa proposta em curto prazo”, afirmou Stanislav Pozdnyakov, presidente do comitê russo. A mesma música já foi usada em alguns eventos de patinação de velocidade neste ano.

A música de Tchaikovsky é a segunda opção apresentada pelos russos. A primeira, uma canção folclórica patriótica “Katyusha”, foi bloqueada neste mês pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), alegando que a delegação não poderia usar “nenhum hino ligado à Rússia”.

Nascido em 7 de maio de 1840, Tchaikovsky foi um compositor russo do período romântico, cujas obras estão entre as mais populares do repertório clássico. Primeiro compositor russo a conquistar fama internacional, sua carreira foi impulsionada por sua participação como regente convidado em outros países da Europa e nos Estados Unidos. Como reconhecimento, em 1884 foi homenageado pelo imperador Alexandre III – imperador russo de 1881 a 1894 – e recebeu uma pensão vitalícia.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS