O Museu Frida Kahlo negou na segunda-feira que vestidos da célebre pintora em exposição na Cidade do México tenham sido usados por Madonna em sua recente visita à capital mexicana.

A chamada Casa Azul, onde Kahlo viveu 36 anos e que expõe parte de seu legado, assegurou que por motivos de agenda a cantora americana não esteve no museu situado no bairro boêmio de Coyoacán, como o fizeram familiares e amigos.

No entanto, Madonna visitou parentes de Kahlo no bairro Pedregal, segundo revelou o jornal Reforma em 20 de abril.

“Informamos que a roupa, fotos e objetos que Madonna publicou em suas diferentes redes sociais não pertencem ou fazem parte do acervo da Casa Azul”, indicou o museu em comunicado.

A estrela de 65 anos publicou fotografias em suas redes sociais usando um vestido com flores bordadas e um xale.

“Uma linda recordação, visitando a casa da família de minha eterna musa Frida Kahlo na Cidade do México. Para mim, foi mágico provar suas roupas, joias, ler seus diários e cartas e olhar fotos que nunca havia visto antes”, afirma o post que acompanha as imagens no Instagram.

Madonna visitou Mara de Anda Romeo, sobrinha-bisneta de Frida e sua filha Mara Romeo Kahlo, a quem já conhecia.

A pintora morreu aos 47 anos em 1954.

axm/zm/jc/fp