Cultura

Museu do Louvre fica fechado nesta segunda por protesto de funcionários

Museu do Louvre fica fechado nesta segunda por protesto de funcionários

Museu do Louvre fotografado de um ônibus turístico, em 22 de fevereiro de 2018 - AFP/Arquivos

O Museu do Louvre de Paris, o mais visitado do mundo, não abriu as portas nesta segunda-feira (27) de manhã, devido a um movimento de protesto de funcionários que denunciam problemas de pessoal diante do crescente fluxo de v

“O Louvre está ficando asfixiado” e “o pessoal constata uma degradação sem precedentes das condições de visita e de trabalho”, denunciou em um comunicado o sindicato Sud Culture Solidaires.

“Em 2018, a visitação do Louvre superou 10,2 milhões de pessoas. Enquanto o público aumentou mais de 20% desde 2009, o palácio não se ampliou, e o quadro de funcionários não para de diminuir”, afirma o sindicato.

“Reunidos em assembleia geral nesta segunda-feira, os funcionários decidiram exercer seu direito de retirada e buscar a direção do museu para expressar sua ira”, acrescentou o comunicado.

A direção do Louvre disse à AFP no final da manhã que o museu não abriu suas portas, “sem mais comentários até o momento”.

jfg/alu/mw/cjc/ra/zm/tt