Esportes

Multidão recebe seleção de Senegal campeã da CAN


Uma multidão recebeu nesta segunda-feira (7) nas ruas da capital Dakar a seleção de futebol do Senegal, campeã no domingo pela primeira vez na sua história da Copa Africana de Nações (CAN).

Centenas de milhares de pessoas espalharam-se pelas artérias da cidade e nas imediações do aeroporto Leopold Sedar-Sengor, onde desembarcaram os novos campeões de África, vindos dos Camarões, ao final da tarde. Em seguida, foram levados triunfalmente pela cidade até o palácio presidencial.

Nas ruas da capital, cantos, buzinas e comemorações foram ouvidos. Grande parte da população vestia as cores nacionais.

Nesta segunda-feira foi declarado feriado pelo presidente Macky Sall para que os torcedores senegaleses pudessem mostrar seu orgulho nacional nas ruas.

“É um momento inesquecível, que ficará para sempre”, disse Dié Mbaye, um estudante de 17 anos vestido com a camisa da seleção senegalesa.

No domingo, como um número significativo de seus compatriotas, Mbaye pulou de alegria quando o astro Sadio Mané marcou o último pênalti para Senegal na final contra o Egito de Mohamed Salah.

“Nós merecemos, estamos esperando por isso há 60 anos”, afirmou.

Do outro lado da rua, Mamadou Bocoum, estudante de 24 anos, não hesita em afirmar que este sucesso desportivo “vai mudar a vida” do país.

Após meses difíceis de crise econômica, restrições sanitárias e turbulência política, esta vitória foi um “alívio”, sobretudo para uma população senegalesa jovem, metade da qual tem menos de vinte anos, lembrou.

“Temos familiares que não puderam experimentar este título dos Leões. Portanto, é um evento maravilhoso do qual tenho que participar”, disse Mohamed Ndoye, 31.

O chefe de Estado senegalês foi pessoalmente receber a equipa de futebol, depois de ter cancelado uma visita oficial às Comores.

“Há momentos em que os problemas (políticos) são deixados de lado para falar sobre a causa comum do país”, se justificou o presidente Macky Sall.

O Senegal havia perdido as duas finais da CAN que disputou anteriormente, em 2002 e 2019. Em sua terceira chance, conquistou o tão esperado primeiro título continental.

bur-lal/dr/am





Tópicos

2022 Africa Copa EGY fbl SEN