Mundo

Mulher tenta selfie com jaguar e é atacada em zoológico nos EUA

Crédito: Reprodução/NBC

Uma mulher foi atacada por um jaguar no último sábado (9) em um zoológico no estado do Arizona, nos Estados Unidos. O ataque aconteceu após a mulher, que não teve a identidade revelada, pular uma cerca para tirar uma selfie. Ela teve ferimentos nos braços, mas passa bem. As informações são do G1.

A vítima pulou a barreira e se aproximou da jaula com o jaguar para tirar uma foto, mas o animal esticou a pata e a arranhou. Mickey Ollson, diretor do Wildlife World Zoo, afirmou que não é possível evitar que as pessoas atravessem as barreiras, mas lembrou que elas existem “por um bom motivo”. Ele também revelou que o animal já tinha atacado outra pessoa que pulou a grade e que os casos foram “erros humanos”, por isso o jaguar não será sacrificado.

“O animal pôs as patas entre as grades da jaula e tinha agarrado a moça. Minha mãe teve uma ideia para distrair a onça: jogou uma garrafa de água dentro da jaula. Foi então que o jaguar soltou a moça, mas suas garras ficaram presas no suéter dela. Eu a peguei pelo tronco e fui puxando, até que a roupa soltasse. A onça foi embora atrás da garrafa de água”, contou uma testemunha.

No Twitter, o zoológico escreveu que estava rezando pela vítima e por sua família. O perfil do local também pediu para que as pessoas entendam o motivo de barreiras serem colocadas.