Cultura

Mulher seminua protesta contra estupros na guerra em Cannes

ROMA, 21 MAI (ANSA) – Uma ativista seminua invadiu o tapete vermelho do Festival de Cinema de Cannes na noite da última sexta-feira (20) em protesto à violência sexual cometida pelas tropas russas contra as mulheres na Ucrânia.   

Pintada de azul e amarelo – cores da bandeira da Ucrânia -, a manifestante exibiu a frase “parem de nos estuprar” escrita em seu corpo. Além disso, ela tinha tinta vermelha espalhada pela cintura, e a palavra “Escória” estava escrita na parte de baixo das costas.   


O protesto foi realizado durante a entrada dos convidados da sessão de “Three thousand years of longing”, novo filme de George Miller (“Mad Max: Estrada da fúria”).   

O ato foi interrompido por seguranças, que cobriram a mulher com um casaco e a retiraram do local. (ANSA)