Geral

Mulher morta a tiros em SP pelo ex será enterrada


O corpo de Edna Amaralina da Silveira, de 28 anos, foi liberado na madrugada deste domingo, 13, do Instituto Médico-Legal (IML) e deve ser enterrado em Goiás, onde ela morava antes de se mudar para São Paulo. Ela foi morta a tiros em seu apartamento na zona sul de São Paulo.

O principal suspeito é o ex-marido, Hugo Alexandre Gabrich, que está foragido. O crime foi na madrugada deste sábado, 12, e um homem que estava com Edna também foi baleado. Ele sobreviveu e foi levado para o hospital, onde está internado. Edna morava em São Paulo havia seis meses e, segundo a polícia, não há registros de queixas da vítima contra o ex em delegacias da capital.

Ela chegou a solicitar medida protetiva na Justiça de Goiás, mas retirou o pedido dias antes do crime. A polícia informou que vai solicitar à Justiça a prisão temporária de Gabrich. Imagens de câmeras de segurança do prédio também foram solicitadas para ajudar nas investigações. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua