Geral

Mulher é encontrada morta dentro de cama box no Rio de Janeiro

Mulher é encontrada morta dentro de cama box no Rio de Janeiro

Uma mulher foi encontrada morta na terça-feira (12) dentro de uma cama box em um imóvel localizado no bairro do Pechincha, na zona oeste do Rio de Janeiro. As informações são do UOL.

Segundo um vizinho, que chamou a polícia e ajudou a família da vítima, Cláudia dos Santos Sacramento, de 47 anos, chegou em casa no último sábado (9) e não foi mais vista. Dois dias depois, os vizinhos começaram a sentir um cheiro forte vindo do local e acionou as autoridades.

A mulher foi encontrada nua, amarrada e enrolada em um lençol dentro da cama, que foi quebrada. Wilson Júnior, que mora no mesmo endereço, contou à reportagem do UOL que os vizinhos chegaram a questionar o morador da casa sobre o cheiro.

“Na segunda-feira à noite, os vizinhos falaram com ele sobre o mau cheiro e ele disse que foi a caixa de gordura que explodiu. Ofereceram ajuda para limpar e ele recusou. Na terça, o cheiro ficou ainda mais forte. Ele saiu com uma mochila e não voltou mais. Chamamos a polícia que encontrou a Cláudia”, disse.

Segundo Júnior, o homem teria dormido um ou dois dias sobre o corpo da mulher. Ele conta que o suspeito já tinha sido visto agredindo a ex-mulher e tomando o celular dela em um ponto de ônibus do bairro. A ex saiu de casa no mês passado.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Uma das filhas de Cláudia, Bruna da Silva, disse que a família não conhecia o homem, identificado como Júlio, e que desconhece uma motivação para o crime.

“Minha mãe nunca teve um relacionamento com ele. Ele foi casado. Tinha pouco tempo que ele havia se separado da mulher dele. No sábado, ele estava aqui bebendo, deu em cima da minha mãe e minha mãe foi ficar com ele e não saiu mais da casa”, disse Bruna.

Ana Cristina, irmã da vítima, disse que Cláudia foi encontrada com sinais de agressão no corpo. “Ela estava com uma pancada grande aberta na cabeça e um corte na mão”. Segundo ela, o autor fugiu para São Paulo e foi preso.

A Delegacia de Homicídios confirmou ao UOL que o homem foi preso em São Paulo e que o suspeito primeiramente negou o crime, mas depois confirmou ter matado Claudia. Não há informações sobre a motivação.

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica