ISTOÉ Gente

Mulher diz ter sido confundida na Record com travesti e denuncia Faro, diz site

Mulher diz ter sido confundida na Record com travesti e denuncia Faro, diz site

Uma mulher, que não foi identificada, moveu uma ação contra a TV Record e o apresentador Rodrigo Faro dizendo ter passado por humilhações e agressões no período em que trabalhou no canal em 2019. As informações são do “Uol”.

Na ação, a mulher pede o pagamento de danos morais de R$ 100 mil.

Ela participava de programas de auditório e alega ter passado por constrangimento após Faro perguntar se ela era travesti. Após a pergunta, diz a vítima, as pessoas passaram a questionar seu gênero até ser barrada na portaria da Record, sendo expulsa do local. De acordo com o que disse a mulher à Justiça, as pessoas gritaram para ela levantar o vestido e provar que era mulher, sendo chamada de travesti. Conforme as alegações da vitima, ela ficou completamente atordoada, de modo que caiu no solo, sentindo-se agredida pelos seguranças do local.

Depois disso, a mulher teria desmaiado e acordado no hospital, com várias lesões corporais. Ela anexou um laudo e o boletim de ocorrência no processo e afirma ter sido incentivada por um médico a denunciar o episódio.