Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Uma mulher confessou que atacou o marido em Bristol, na Inglaterra, e depois ficou aliviada ao saber da morte dele, As informações são do jornal Metro.

Penelope Jackson, de 66 anos, confessou que esfaqueou o marido. Ele não morreu imediatamente. Mas quando a morte aconteceu, a reação de Penelope chamou atenção da polícia. “Oh, que bom”, disse ela.

Penelope e o marido ficaram casados por 24 anos, mas ela entende que valeu a pena matá-lo, porque diz que era vítima de abusos.

“Não tem problema. Eu fiz isso. Por que eu fiz é outra questão, mas eu fiz. Eu consegui, sou culpada. Se eu tivesse a chance, faria de novo, mesmo que me prendessem por 125 milhões de anos, ainda valeria a pena”, afirmou Penelope, que deve ser julgada daqui a 3 semanas.

Depois que aplicou 3 facadas contra o marido, durante uma briga, Penelope ligou para o serviço de emergências no Reino Unido. Mas só afirmou que “os paramédicos podem ajudá-lo, eu não vou”.