Esportes

Muito além do adiamento: frases marcantes e chocolates são algumas das polêmicas do Vasco x Flamengo

Clássico dos Milhões tem histórias que vão além dos gols. Quase todo ano há fatores extracampo movimentando o ambiente da partida. Alteração na data é o fato mais recente

Muito além do adiamento: frases marcantes e chocolates são algumas das polêmicas do Vasco x Flamengo

O adiamento da data do Clássico dos Milhões, solicitado pelo Flamengo e prontamente acatado pela Ferj, gerou revolta no Vasco. Nota oficial, dirigente subindo o tom das críticas… o duelo esquentou. E não tem nada mais comum para um Vasco x Flamengo do que as polêmicas. Relembre algumas das mais recentes.

‘Oto Patamá’
O Flamengo já tinha o título brasileiro de 2019 para lá de encaminhado, quando os rivais duelaram no Maracanã. Um gol de Lucas Ribamar nos últimos minutos garantiu o empate para o Vasco. Irritado, Bruno Henrique debochou na saída do campo: “Estamos em outro patamar.”

‘Roubado é mais gostoso’
No Campeonato Carioca de 2014, dois Clássicos dos Milhões foram polêmicos: Num deles, na primeira fase, Douglas cobrou falta, a bola bateu no travessão, quicou 33cm para trás da linha, mas o gol não foi validado. Era confronto direto, o Rubro-Negro acabou vencendo, abriu vantagem para o Cruz-Maltino e se tornaria líder posteriormente, o que seria importante porque, na final, havia vantagem de dois empates. Os rivais se enfrentaram nos duelos derradeiros da competição. No segundo deles, Márcio Araújo, em posição de impedimento, empatou já nos acréscimos. O então goleiro Felipe celebrou, ainda no gramado:
‘Roubado é mais gostoso’.

‘Flamengo tá morto, pai’
Em 2015, o Cruz-Maltino superou o Flamengo na semifinal do Campeonato Carioca e, dois dias depois, ao final de uma entrevista coletiva descontraída, o zagueiro Rodrigo se recusou a comentar sobre o rival eliminado: “O Flamengo ‘tá’ morto, pai”.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



-> Confira a tabela do Campeonato Carioca

Se não fossem os erros…
Os dois Clássicos dos Milhões do Campeonato Brasileiro de 2011 foram apitados por Péricles Bassols. Nos dois houve pênaltis não marcados para o Cruz-Maltino. O próprio ex-árbitro admitiu os erros, anos depois. Como a diferença do Vasco para o campeão Corinthians foi de apenas dois pontos, é impossível não associar a perda do título às falhas da arbitragem.

Chocolate de Páscoa
No ano 2000, os rivais se encontrariam em pleno Domingo de Páscoa. Com o Vasco recheado de estrelas, Eurico Miranda distribuiu 40 mil ovos de chocolate, debochou dos adversários ao longo da semana e após o jogo. Ah, o jogo: terminou 5 a 1 para o Cruz-Maltino. Foi a mesma partida das embaixadinhas de Pedrinho, que resultou em pancadaria.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS