Brasil

MT: bebê que teve couro cabeludo arrancado durante parto permanece na UTI

Crédito: Arquivo Pessoal

Maria Lima de Jesus (Crédito: Arquivo Pessoal)


Maria Lima de Jesus, de 38 anos recebeu alta nesta segunda-feira (17) da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na Santa Casa de Rondonópolis, no Mato Grosso.

Maria é mãe da bebê que teve o couro cabeludo durante o parto na unidade de saúde. Familiares informaram que a menina continua hospitalizada em estado grave.

A mulher, que deve continuar na enfermaria do hospital se recuperando do pós-operatório, teve a bexiga perfurada durante a cesariana.

O pai de Natasha Vitória, Adalberto de Souza Moreira, disse ao G1 que houve erro médico durante o procedimento cirúrgico.

Natasha Vitória está em estado grave na UTI (Crédito:Arquivo pessoal)

Após a repercussão do caso, a Santa Casa informou que as lesões na recém-nascida foram causadas pelo pouco espaço entre a bacia óssea da mãe e a cabeça da criança. Com isso, no momento da retirada da bebê, ela teve parte do couro cabeludo arrancado.

O caso é acompanhado pela polícia civil, além do Conselho Regional de Medicina que pretende abrir uma sindicância para analisar o que houve durante o parto.

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio