Geral

MT: Advogado que perdeu transplantes de pâncreas e rim devido a temporal morre

Crédito: Reprodução

O advogado Antônio Rogério Assunção da Costa Stefan, de 43 anos, morreu no sábado (4), em Cuiabá (MT). O advogado tinha diabetes tipo 1 desde os seis anos e, em outubro, perdeu a chance de realizar transplantes de pâncreas e rim por conta de uma forte tempestade. As informações são do G1.

Ele e a esposa, Jeanne Rachel de Oliveira Silva, faziam a viagem para Curitiba (PR), em uma aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT), mas o voo precisou ser interrompido devido ao mau tempo.

Como não conseguiu comparecer a tempo para o transplante, Antônio voltou para a fila, onde continuou aguardando por uma chance de receber os órgãos.

Por causa da doença, Antônio havia perdido a visão do olho direito e também a função renal, precisando passar por sessões de hemodiálise. Ele também desenvolveu uma miosite, inflamação dos músculos que causa enfraquecimento e dor.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua