POLÍTICA

MST mata gado e depreda fazenda de amigo de Temer, diz PM

A Polícia Civil de Duartina, interior de São Paulo, abriu inquérito para apurar denúncia de depredação, furtos e abate de gado na Fazenda Esmeralda, pertencente ao ex-coronel da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, amigo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB). Relatório da PM aponta o furto de equipamentos e danos causados à propriedade durante a invasão por 800 integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST). A fazenda de 1,5 mil hectares foi invadida na madrugada do dia 9 e desocupada neste domingo, 15, após a Justiça ter determinado a saída dos militantes.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

O MST alega indícios de que Temer é sócio oculto da propriedade, o que foi negado por ele. Conforme o relatório, os sem-terra furtaram motosserras, ferramentas e câmeras de vigilância, além de terem danificado um trator, outros veículos da fazenda, cercas e benfeitorias. Foram encontradas carcaças de bois supostamente abatidos pelos invasores para consumo da carne.

O total de reses abatidas não tinha sido contabilizado até a tarde desta segunda-feira. A casa-sede e outros imóveis da fazenda tiveram as paredes pichadas.

O delegado da Polícia Civil Luis Carlos Amado determinou realização de perícia na propriedade e pediu um levantamento detalhado dos danos e objetos furtados para instruir a investigação.

Em nota, o MST negou as acusações. “Esclarecemos que não houve nenhum tipo de depredação ou dano cometido na área. Nossa ação foi legítima e pacífica.” Segundo o movimento, as pichações não caracterizam destruição do patrimônio e refletem o protesto dos sem-terra contra a monocultura de eucalipto na fazenda e a anexação à propriedade de uma antiga ferrovia pertencente à União.

Outro lado

A direção do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) negou nesta segunda-feira, 16, que irá receber representantes do MST paulista em Brasília para discutir a reforma agrária no Estado e a questão da fazenda do amigo de Temer. Em nota, o MST havia informado que a desocupação da Fazenda Esmeralda foi decidida após reunião com o representante do Incra nacional, Leonardo Góes Silva, que teria se comprometido a agendar o encontro para os próximos 20 dias.

A reunião aconteceu no sábado, 14, na Câmara de Duartina, com a presença de Silva. O movimento entregou a ele uma pauta na qual denuncia suposta autuação da fazenda por trabalho escravo, quando era produtora de laranja, e reivindica o assentamento de cinco mil famílias acampadas em São Paulo. “O Incra se comprometeu em fazer um monitoramento na pauta e apresentar um retorno em 15 dias”, informa a nota.

O Incra, no entanto, mesmo informado sobre a presença de Silva na reunião, manteve a informação de não ter enviado representante à reunião e afirmou desconhecer a agenda com o MST. Silva, que é diretor de Programas do Incra nacional, foi procurado e não deu retorno.

Os donos da fazenda, Lima Filho, e sua empresa, Argeplan, reiteraram em nota que as terras foram adquiridas de maneira regular, a partir de 1986, e são produtivas. “Todas as áreas de propriedade da Argeplan e do Sr. Jão Baptista Lima Filho são absolutamente regulares, assim como as atividades produtivas nelas desenvolvidas, respeitando o meio ambiente e as relações de trabalho, observando absolutamente a legislação.” A nota não faz menção aos estragos causados pelo MST.

Veja também

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Peugeot apresenta sua primeira moto feita em parceria com a Mahindra

+ A Fazenda 12: Jojo Todynho causa e pede óleo ungido a Edir Macedo

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

Tópicos

Fazenda MST PM