Mundo

MSC e Lufthansa querem comprar ITA Airways

MILÃO, 24 JAN (ANSA) – O Grupo MSC e a Lufthansa manifestaram nesta segunda-feira (24) o interesse em comprar uma participação majoritária na companhia aérea ITA Airways, substituta da Alitalia e controlada pelo governo italiano.   

As duas empresas pedem um período de exclusividade de 90 dias úteis para negociar a aquisição. De acordo com comunicado, o interesse deriva da “possibilidade de ativar sinergias positivas tanto no setor de cargas quanto no de passageiros”.   


A Italia Trasporto Aereo (ITA) é uma companhia aérea estatal criada pelo governo italiano para superar de forma definitiva a crônica crise na agora extinta Alitalia, que deixou de operar em outubro de 2021.   

A ITA chegou a comprar a marca Alitalia em um leilão por 90 milhões de euros, mas decidiu manter o novo nome. De acordo com uma nota da companhia aérea italiana, a manifestação de interesse será analisada na próxima reunião de seu conselho de administração.   

Além disso, a ITA se diz “satisfeita que o trabalho desenvolvido nos últimos meses para oferecer perspectivas melhores esteja começando a ter os resultados desejados, ou seja, uma companhia reconhecidamente válida para parceiros de calibre internacional”.   

A Lufthansa chegou a negociar a compra da antiga Alitalia, mas sempre impôs como condição uma profunda reestruturação na companhia aérea italiana, o que só aconteceu com o surgimento da ITA.   

A nova empresa nasceu com cerca de 8 mil funcionários a menos e uma frota mais enxuta, além de não ter relação com os passivos deixados pela Alitalia. (ANSA).