Agronegócio

MS libera licença ambiental para 10 empreendimentos de suinocultura

São Paulo, 7 – Mato Grosso do Sul liberou licenças ambientais para mais dez projetos de suinocultura, por meio do Instituto de Meio Ambiente do Estado (Imasul), informou em nota a Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Segundo a pasta, foram sete projetos para terminação (engorda) de até 30 mil cabeças de suínos e 3 para instalação de Unidades Produtoras de Leitões com capacidade para até 10 mil matrizes.

“A maioria são licenças de renovação e ampliação de projetos já existentes, mas há também investimentos novos nessa relação”, explica o superintendente de Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar da Semagro, Rogério Beretta.

Em meio à pandemia de coronavírus e à obrigatoriedade do período de quarentena, os técnicos do Imasul desenvolvem suas atividades em domicílio e fizeram um “mutirão” de aprovações, a fim de não tornar inviáveis os investimentos programados, segundo a pasta.

Os projetos com licença ambiental aprovada estão em municípios da Grande Dourados.

Veja também

+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior