Geral

MP-SP denúncia homem que matou a mãe com marteladas na cabeça

Crédito: Reprodução/ Google Street View

Rua do bairro Nova York, em Araçatuba, onde ocorreu o crime (Crédito: Reprodução/ Google Street View)


O Ministério Público de São Paulo denunciou na terça-feira (3) Aqueharu Yamaguchi Júnior, de 35 anos, por homicídio qualificado. De acordo com a acusação, o homem matou a própria mãe Alzira Pinto da Silva, de 74 anos, com mais de 20 golpes de martelo na cabeça. O crime ocorreu em Araçatuba (SP), no dia 8 de outubro. As informações são do G1.

Conforme a Promotoria, a idosa foi atacada por trás após entregar um lanche para o filho. O homem foi preso dois dias depois de cometer o assassinato. Na denúncia, o Ministério Público afirma que o agressor e a vítima tinham desentendimento frequentes por Aqueharu ser usuário de drogas.

No último dia 4 de outubro, Alzira tinha agredido o filho na frente de amigos, o que motivou o homem a cometer o crime. Após o assassinato, ele tomou banho, furtou dinheiro e fugiu com o veículo da mãe. Mais tarde, ele ligou para uma tia confessando que tinha matado Alzira.

Conforme a polícia, o homem foi encontrado dois dias após o crime. Ele prestou depoimento e segue à disposição da Justiça em um presídio de São Paulo. Segundo o Ministério Público, a acusação por homicídio qualificado é agravada, entre outros motivos, pelo crime ter sido cometido com vingança, surpresa, crueldade e ainda pelo fato de a vítima ser mulher. A Promotoria pediu à Justiça para que seja decretada a prisão preventiva de Aqueharu.