Esportes

MP estuda incluir laudo na denúncia sobre queda de guindaste no Itaquerão em 2013

O segundo promotor de Justiça Criminal de Itaquera, Joacil da Silva Cambuim, pretende analisar laudo feito pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo) sobre a queda do guindaste que matou dois operários no estádio do Corinthians, em novembro de 2013, para decidir se vai ampliar a denúncia que fez à Justiça sobre o acidente.

O laudo do IPT, publicado nesta quarta-feira pelo jornal O Estado de S.Paulo, aponta que a ruptura de um duto localizado no subsolo do Itaquerão deu início a uma sucessão de eventos que terminaram com a queda do guindaste. O documento critica ainda o fato de não ter sido feita avaliação sobre a tubulação de águas pluviais existente no trajeto da máquina e também ressalta que o plano original de içamento da peça não foi seguido à risca.

A investigação feita pelo IPT foi encomendada pelo Ministério do Trabalho e demorou quase dois anos para ser concluída.

Seis pessoas já foram denunciadas pelo Ministério Público: quatro engenheiros da construtora Odebrecht e dois funcionários da Locar, empresa responsável pela operação do guindaste. Cambuim usou como base da denúncia uma perícia feita pelo Instituto de Criminalística, que apontou falha de compactação do terreno do estádio. A Justiça aceitou o pedido e deu início ao processo.

Com as novas informações do laudo do IPT, Cambuim pode reformar a denúncia feita para a Justiça e aumentar o número de pessoas envolvidas na construção do Itaquerão consideradas culpadas pela queda do guindaste.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel