Esportes

Motivado após nascimento do filho, Zanetti retoma rotina em seu clube

Campeão olímpico voltou às atividades no SERC/Agith, de São Caetano, onde treina desde os sete anos, e se disse feliz pela experiência de pai de Liam, que nasceu no último dia 13

Motivado após nascimento do filho, Zanetti retoma rotina em seu clube

que nasceu no último dia 13 (Foto: Divulgação)

Campeão das argolas nos Jogos de Londres-2012, Arthur Zanetti encontra diversas motivações para focar em mais uma medalha olímpica, em meio aos transtornos causados pela pandemia de Covid-19. Há pouco mais de uma semana, ele se tornou pai de Liam, fruto do casamento com Jéssica, e retomou na segunda-feira os treinamentos no clube SERC/Agith, de São Caetano.

– Os dois estão bem e estou aprendendo essa nova rotina. Só mesmo sendo pai para saber como é. Ele está colaborando bastante, não acorda a noite, é muito tranquilo e está ajudando muito a gente. Estamos aprendendo e a felicidade é enorme. Me sinto motivado – declarou Zanetti.

Arthur treina pela manhã, rotina que manterá todos os dias, conciliando o apoio à esposa e ao filho, que nasceu no dia 13 de setembro. O ginasta tem o clube do ABC paulista como uma segunda casa desde os sete anos de idade. Desde os nove, ele trabalha com o técnico Marcos Goto.

– A sensação de estar voltando ao ‘meu’ próprio ginásio é muito boa e isso é motivador também. No momento da pandemia, a gente estava treinando em casa e com a Seleção pelas salas virtuais. Depois, tive a oportunidade de ir para Portugal, para ter o contato com o ginásio, na Missão Europa. Agora é manter o treino e voltar a fazer todos os elementos que a gente fazia e até algumas ligações – completou o atleta, que

– Apesar de não ter nenhuma competição programada para esse ano, já vou começar a fazer uma parte das séries e pegar ritmo para começar o ano bem, não do zero.

O ginasta de 30 anos já declarou em entrevistas recentes que os Jogos de Tóquio devem ser os últimos de sua carreira. Ele tem o objetivo de se tornar o primeiro ginasta da história a conquistar três medalhas olímpicas nas argolas. Além do ouro em Londres, ele faturou a prata na Rio-2016.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar