Brasil

‘Mostrar que o amor não tem forma’, diz enfermeiro que adotou 13 filhos no RJ

‘Mostrar que o amor não tem forma’, diz enfermeiro que adotou 13 filhos no RJ

Uanderson Barreto, pai que adotou 13 filhos

Pai adotivo de 13 filhos, Uanderson Barreto, de 40 anos, está no seu oitavo Dia dos Pais, desde que resolveu acolher jovens e crianças que tinham entre 7 e 17 anos,

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

Morador de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, o enfermeiro disse que a atitude foi uma forma de quebrar barreira e demonstrar que o sentimento não possui paradigmas.

“Hoje, a realidade do padrão do brasileiro de adoção é um bebê branco, menina. Então eu quis fugir totalmente à regra e mostrar que amor não tem forma, idade, nem identidade. Amor é amor”, diz ao G1.

Porém, não foi na primeira vez que Uanderson conseguiu a adoção. Quando tinha 25 anos ele não conseguiu realizar o sonho por conta da idade e dos procedimentos legais. No entanto, sua persistência fez com que em 2012, ele conseguisse adotar o primeiro filho.

“Eu sempre soube que a minha família seria formada por filhos adotivos. Eu não sabia que a quantidade seria essa, mas eu digo que se houvesse possibilidade eu teria ainda mais filhos. Eu gosto muito dessa vocação. A gente vive uma engrenagem de amor. A nossa vida é totalmente voltada um para o outro e é a melhor sensação do Mundo”, afirma Uanderson.

“Ele é um anjo na nossa vida. Merece um mundo!”, afirma o filho Marcos Barreto.

“Ele representa um super pai para mim. Quando eu vim pra cá, ele me ensinou a dar amor às pessoas”, acrescente a filha Luciara Barreto.

Segundo o portal,  o Cadastro Nacional de Adoção (CNJ), até 2019 o Brasil tinha 4.975 crianças e adolescentes em casas de acolhimento espalhadas pelo país. Outro dado apontado pelo CNJ é a dificuldade de adoção para crianças e jovens entre 7 e 17 anos.

Segundo o órgão a chance de adoção para esta faixa etária é de apenas 7%

Veja também

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea