Comportamento

Mortos em caminhão no Reino Unido eram vietnamitas

Mortos em caminhão no Reino Unido eram vietnamitas

As 39 pessoas encontradas mortas no final de outubro dentro de um caminhão frigorífico perto de Londres eram de nacionalidade vietnamita - AFP/Arquivos

As 39 pessoas encontradas mortas no final de outubro dentro de um caminhão frigorífico perto de Londres eram de nacionalidade vietnamita – informou a polícia britânica nesta quinta-feira (7).

Todas as vítimas, 31 homens e oito mulheres, foram identificadas e são do Vietnã, disse à AFP um porta-voz da polícia de Essex, região do sudeste do Reino Unido, onde o veículo foi achado na madrugada de 23 de outubro.

Em um comunicado, a embaixada do Vietnã em Londres manifestou sua “profunda tristeza” com o ocorrido, transmitiu suas condolências às famílias e lhes garantiu seu apoio para devolver os corpos ao país.

Inicialmente, a polícia britânica anunciou que tinham nacionalidade chinesa, até que várias famílias vietnamitas se apresentaram para dizer que temiam que seus familiares estivessem entre os mortos.

O motorista do caminhão, um norte-irlandês de 25 anos, e outro homem, procedente da mesma província britânica, foram detidos no Reino Unido e na Irlanda. O primeiro foi acusado de homicídio culposo, lavagem de dinheiro e complô para favorecer a imigração ilegal.

Três pessoas foram detidas e soltas após pagamento de fiança. A polícia investiga se há mais envolvidos. Outras 11 foram detidas no Vietnã por ligação com este mesmo caso.

Incomum no Reino Unido, a tragédia causou grande comoção e chamados de advertência sobre o risco de que os traficantes de pessoas aumentem o número de imigrantes irregulares na Europa.

De Hanói, o Ministério vietnamita de Segurança Pública confirmou que os mortos eram originários de seis províncias do país.

Mesmo antes da confirmação oficial, o governo vietnamita anunciou, no início da semana, que trabalhava com as autoridades britânicas na repatriação dos corpos.