Cultura

Morre Sean Connery, o eterno James Bond

SÃO PAULO, 31 OUT (ANSA) – Morreu neste sábado (31), aos 90 anos de idade, o ator escocês Sean Connery, conhecido mundialmente por dar vida ao espião James Bond.   

O falecimento foi confirmado pela família do astro à emissora BBC. Ele estava nas Bahamas, mas a causa da morte não foi divulgada.   

Condecorado como cavaleiro pela rainha Elizabeth II em 2000, “sir” Sean Connery foi o primeiro a interpretar o agente 007 no cinema e estrelou seis filmes da série: “007 contra o Satânico Dr. No” (1962), “Moscou contra 007” (1963), “007 contra Goldfinger” (1964), “007 contra a Chantagem Atômica” (1965), “Com 007 Só Se Vive Duas Vezes” (1967) e “007 – Os Diamantes são Eternos” (1971).   

Além disso, protagonizou “007 – Nunca Mais Outra Vez” (1983), refilmagem de “007 contra a Chantagem Atômica” que não faz parte da série oficial do agente. Connery também venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante em 1987 por seu papel como o policial Jimmy Malone em “Os Intocáveis”. (ANSA).   

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel