ISTOÉ Gente

“Morre, satanás”, diz Whindersson ao rebater declaração de Bolsonaro

Crédito: Montagem: Antonio Cruz/Agência Brasil/Reprodução/Instagram

Whindersson Nunes usou as redes sociais para criticar uma declaração de Jair Bolsonaro sobre o número de vítimas do novo coronavírus. O humorista replicou uma notícia em que o presidente afirmou “lamentar as mortes (pelo novo coronavírus), mas que é o destino de todos”. A reação de Whindersson foi imediata: “Então morre, satanás”.

Veja também:
Silvio Santos tem nome cadastrado no auxílio emergencial do governo
Advogado de Rose Miriam diz que Thiago Salvático só queria ‘tumultuar’ processo

Uma parte dos internautas concordaram com o humorista, enquanto outros criticaram a postura. “É cara, triste ver você agindo assim! Espero que essa fase passe logo e você volte a ser aquele cara bacana que sempre foi! Estamos orando por você”, disse um seguidor. Whindersson respondeu: “Se importar com esse cara e não se importar com 30 mil mortes, rapaz essa conta tua aí tá fraca”.

Nessa terça-feira (2), o Brasil registrou um novo recorde no número de mortes nas últimas 24h, tendo atingido a marca de 1.262 óbitos, de acordo com o Ministério da Saúde. No País, registra-se 31.199 mortes, quarta maior marca do mundo.

Confira os tuítes abaixo:

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior