Cultura

Morre o baixista Arthur Maia, aos 56 anos, em Niterói


O músico Arthur Maia morreu, aos 56 anos, na tarde deste sábado, 15, no município de Niterói (RJ). Ele sofreu parada cardíaca, foi encaminhado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Mário Monteiro, no bairro de Piratininga, na região oceânica da cidade, mas não resistiu.

Reconhecido como um dos principais baixistas brasileiros, Maia acompanhou shows e gravações de grandes cantores como Caetano Veloso e Gilberto Gil. Maia iniciou carreira tocando bateria, mas migrou para o baixo elétrico assim que ganhou seu primeiro instrumento, aos 17 anos. A técnica, herdou do tio Luizão Maia, também baixista.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais

Tópicos

Arthur Maia morte