Geral

Morre morador de rua queimado enquanto dormia na Mooca

Morreu na manhã desta segunda-feira, dia 6, o morador de rua queimado enquanto dormia na Mooca, na zona leste de São Paulo. Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos, foi atacado na Rua Celso de Azevedo de Marques na madrugada de domingo, 5, e estava internado no Hospital Municipal Doutor Cármino Caricchio, conhecido como Hospital do Tatuapé.

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou a morte e informou, em nota, que o corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Imagens de câmeras de segurança da região registraram o momento em que uma pessoa se aproxima de Silva e joga o que parece ser combustível sobre a vítima. Uma explosão acontece e o agressor foge.

A Polícia Civil procura o autor do crime. Os investigadores apreenderam um recipiente encontrado no local e encaminharam para a perícia. O caso é investigado pelo 18º Distrito Policial (Alto da Mooca).


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’
+ 6 fotos em que o design de interiores do banheiro foi um fracasso total. Confira!
+ De biquíni verde cavado Lívia Andrade arranca elogios da web ao tomar banho de sol
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel