Mundo

Morre Carlo Flamigni,’pai’ da reprodução assistida na Itália

BOLONHA, 5 JUL (ANSA) – Considerado uma das principais referências na Itália e no exterior sobre as técnicas de reprodução assistida e fertilidade, o prestigioso ginecologista e escritor italiano Carlo Flamigni morreu, aos 87 anos, na cidade de Forli, na região de Emilia-Romagna. A informação foi revelada neste domingo (5) pelo filho do especialista, Carlo Andrea, em uma publicação no Facebook. A causa da morte não foi informada. O funeral do médico italiano será realizado entre segunda (6) e terça-feira (7), em Forli, cidade onde morou por mais de 15 anos, junto com sua esposa. Ele deixa dois filhos.   

“Oi pai, eu esperava que esse momento nunca chegasse. A dor é pelo menos tão grande quanto o bem que eu queria a você, mas um dia nos veremos novamente”, escreveu Andrea. Ateu de convicção, Flamigni é admirado na Itália por ter dedicado sua vida a lutar pelos direitos das mulheres, sua liberdade de decisão e a defesa de leis como o aborto.   

Nascido em Forlì em 4 de fevereiro de 1933, Flamigni se formou em Medicina e Cirurgia pela Universidade de Bolonha em julho de 1959, e se especializou em Obstetrícia e Ginecologia.   

Durante sua carreira, ele foi membro do Comitê Nacional de Bioética de 1990 a 2017, diretor da clínica obstétrica da Universidade de Bolonha, membro honorário do Conselho de Bioética e membro do Comitê de Ética da Universidade Estadual de Milão.   

Além disso, o italiano foi um escritor de renome, tendo como seu livro mais famoso uma publicação de 2011 sobre reprodução assistida, intitulada “La procreazione assistita”.   


+ Advogada é morta e tem corpo carbonizado no Rio de Janeiro
+ Morre Liliane Amorim, influencer de Juazeiro do Norte, após complicações da realização de lipoaspiração

Flamigni ganhou notoriedade ao participar ativamente do debate desenvolvido na Itália no momento da aprovação da lei 40 de 2004, que introduziu o uso da reprodução assistida no país e no trabalho subsequente para modificá-lo. (ANSA)

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Atriz e modelo sul-coreana Song Yoo-jung morre aos 26 anos
+ Pais matam as 2 filhas para provar que elas voltariam a vida
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra! + Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel