Mundo

Morre Carlo Flamigni,’pai’ da reprodução assistida na Itália

BOLONHA, 5 JUL (ANSA) – Considerado uma das principais referências na Itália e no exterior sobre as técnicas de reprodução assistida e fertilidade, o prestigioso ginecologista e escritor italiano Carlo Flamigni morreu, aos 87 anos, na cidade de Forli, na região de Emilia-Romagna. A informação foi revelada neste domingo (5) pelo filho do especialista, Carlo Andrea, em uma publicação no Facebook. A causa da morte não foi informada. O funeral do médico italiano será realizado entre segunda (6) e terça-feira (7), em Forli, cidade onde morou por mais de 15 anos, junto com sua esposa. Ele deixa dois filhos.   

“Oi pai, eu esperava que esse momento nunca chegasse. A dor é pelo menos tão grande quanto o bem que eu queria a você, mas um dia nos veremos novamente”, escreveu Andrea. Ateu de convicção, Flamigni é admirado na Itália por ter dedicado sua vida a lutar pelos direitos das mulheres, sua liberdade de decisão e a defesa de leis como o aborto.   

Nascido em Forlì em 4 de fevereiro de 1933, Flamigni se formou em Medicina e Cirurgia pela Universidade de Bolonha em julho de 1959, e se especializou em Obstetrícia e Ginecologia.   

Durante sua carreira, ele foi membro do Comitê Nacional de Bioética de 1990 a 2017, diretor da clínica obstétrica da Universidade de Bolonha, membro honorário do Conselho de Bioética e membro do Comitê de Ética da Universidade Estadual de Milão.   

Além disso, o italiano foi um escritor de renome, tendo como seu livro mais famoso uma publicação de 2011 sobre reprodução assistida, intitulada “La procreazione assistita”.   

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Flamigni ganhou notoriedade ao participar ativamente do debate desenvolvido na Itália no momento da aprovação da lei 40 de 2004, que introduziu o uso da reprodução assistida no país e no trabalho subsequente para modificá-lo. (ANSA)

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?