Cultura

Morre aos 89 anos o poeta e ensaísta cubano Roberto Fernández Retamar


O poeta e intelectual cubano Roberto Fernández Retamar morreu neste sábado, 21, em Havana, aos 89 anos. Retamar foi laureado com o Prêmio Nacional de Literatura em 1989, integrou a Academia Cubana de Língua, além de ser um dos membros da Real Academia Espanhola. Uma de suas principais obras é o ensaio Caliban (1971), em que ele reflete sobre a cultura caribenha e latino-americana. Retamar foi um agente da revolução cubana de 1959 e fez parte do governo de Fidel Castro. Entre 1998 e 2013, foi deputado da Assembleia Nacional e membro do Conselho de Estado. Retamar teve também uma trajetória importante como professor e editor.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

Cuba morte poeta