Cultura

Morre aos 89 anos o poeta e ensaísta cubano Roberto Fernández Retamar

O poeta e intelectual cubano Roberto Fernández Retamar morreu neste sábado, 21, em Havana, aos 89 anos. Retamar foi laureado com o Prêmio Nacional de Literatura em 1989, integrou a Academia Cubana de Língua, além de ser um dos membros da Real Academia Espanhola. Uma de suas principais obras é o ensaio Caliban (1971), em que ele reflete sobre a cultura caribenha e latino-americana. Retamar foi um agente da revolução cubana de 1959 e fez parte do governo de Fidel Castro. Entre 1998 e 2013, foi deputado da Assembleia Nacional e membro do Conselho de Estado. Retamar teve também uma trajetória importante como professor e editor.

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica

Tópicos

Cuba morte poeta