ISTOÉ Gente

Mordido por cachorro, Felipe Titto leva 15 pontos na perna

Crédito: Reprodução/Instagram

O fim de semana de Felipe Titto não terminou de forma agradável. O ator foi parar no hospital após ser mordido por um de seus cachorros, Thor, da raça American Bully. Nos Stories do Instagram, Titto, que precisou levar 15 pontos na perna por conta do ferimento, explicou que o cachorro não fez o machucado por mal e que não o deixará de castigo.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

“Óbvio que eu não vou brigar com ele, até porque ele não teve culpa nenhuma. A intenção dele foi me proteger. O Thor foi adotado, então não sei o histórico de traumas que ele tem. Imagino que isso é uma particularidade dele, não gosta de jeito nenhum que as pessoas de casa entrem na água. Ele fica desesperado do lado de fora. Pelas atitudes dele, ele deixa claro que quer salvar, tirar as pessoas de dentro da água”, afirmou.

O ator conta que a mordida aconteceu bem na hora que ele foi pular na piscina. O cachorro tentou “segurá-lo”, mas como Titto já estava saltando, o cão acabou “rasgando” sua perna com os dentes. “Mas está tudo bem, está doendo um pouco, obviamente”, disse.

Confira os vídeos postados por Titto abaixo:

 

Veja também

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea