Geral

Moradores do Jardim dos Lagos criticam recapeamento em ruas de paralelepípedos

Moradores do Jardim dos Lagos na região do Guarapiranga pedem a interrupção de obras para recapeamento de ruas de paralelepípedos no bairro. Embora a prefeitura alegue que o programa ocorre para restabelecer as condições funcionais da malha viária, parte da população avalia a perda histórica e prejuízos ambientais.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

“É um crime ambiental premeditado. Estão asfaltando trechos ainda em paralelepípedo. As obras estão sendo realizadas na avenida Doutor Arthur Cordeiro com a praça Elida Fontanesi Gagliardi, área de proteção de mananciais”, disse o morador Werner Sönksen.

Um grupo de moradores destacou ainda que não há sinalização sobre a obra, como custo e autorizações ambientais.

“A obra está sendo realizada justamente ao lado de um córrego que alimenta a Represa de Guarapiranga, sem qualquer proteção das águas que ali passam. O córrego está com a água branca”, afirmou o morador.

“Falaram que vão asfaltar o entorno da Praça dos Lagos, o último trecho ainda de paralelepípedos da nossa reserva de mananciais”, reforçou Sönksen.

A Secretaria Municipal de Subprefeituras informa que o Programa Asfalto Novo tem por objetivo restabelecer as condições funcionais da malha viária do Município de São Paulo. Os serviços compreendidos são de recapeamento, drenagem e estruturas.

A Secretaria esclarece que a avenida Doutor Arthur Cordeiro passou por vistoria e avaliação antes de iniciadas as obras de recapeamento.

“A área, antes pavimentada com paralelepípedo, sofreu desgaste com o passar do tempo e foram feitos diversos remendos no asfalto, deixando-o irregular e propício a causar acidentes, principalmente em dias chuvosos, quando o piso fica escorregadio. Além disso, há o prejuízo na circulação de veículos por causa de vibrações, trepidações e falta de aderência. As obras de recapeamento estão sendo realizadas em uma via já existente e sem nenhuma ocorrência de conduta lesiva ao meio ambiente”, destacou a nota.

Veja também

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea