Cultura

Modelo trans usa vestido com as bandeiras dos países onde é crime ser gay

Para combater o preconceito e a homofobia, a modelo holandesa Valentijn De Hingh usou no último dia 05 um vestido feito com as bandeiras dos 72 países onde a homossexualidade é considerada crime. Criada pelo estilista Mattijs Van Bergen, a peça chamou a atenção durante o EuroPride, parada gay que promove a visibildade das lutas LGBT, em Amsterdã. Em seu instragram, Valentijn afirmou que cada país que mudar sua legislação a respeito disso terá sua bandeira substituída por uma flâmula do arco-íris, símbolo da comunidade LGBT.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar

Tópicos

moda Modelo trans