Mundo

Ministro turco alerta para ‘ruptura’ de relação com EUA

MOSCOU, 13 MAR (ANSA) – As relações entre a Turquia e os Estados Unidos estão prestes a chegar a um “ponto de ruptura”, de acordo com o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu.   

Durante um discurso no Instituto de Relações Internacionais de Moscou, o chanceler destacou que os EUA “fornecem armas aos curdos sírios” e que, caso o país continue a “descumprir com a palavra”, Ancara terá de agir de maneira unilateral.   

“O povo turco tem uma atitude negativa para com os EUA, porque eles não mantêm sua palavra e sempre mentem. As relações entre nossos países estão em ponto de ruptura”, declarou.   

Na próxima segunda-feira (19), o ministro turco se reuniria com o ex-secretário de Estado norte-americano Rex Tillerson para discutir um acordo de retirada das milícias do grupo curdo Unidades de Proteção Popular (YPG) de Manbij, na Síria.   

No entanto, com a demissão de Tillerson, a busca pelo acordo sobre Manbij, localidade estratégica a oeste do rio Eufrates – onde estão espalhadas forças norte-americanas -, é incerta.   

Cavusoglu ainda explicou que Ancara espera uma retirada completa dos curdos a leste do rio Eufrates e um controle juntamente a Washington para a segurança de Manbij, assim como a devolução das armas fornecidas pelos Estados Unidos. (ANSA)