Ministro que já tirou Witzel é o pesadelo do governador de Santa Catarina

Crédito: Mauricio Vieira

(Crédito: Mauricio Vieira)

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), corre o risco de ser afastado do cargo pelo ministro Benedito Gonçalves (STJ), o mesmo que defenestrou Wilson Witzel (Rio de Janeiro).

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

O catarinense foi denunciado pelo MPF por suspeitas na compra de 200 respiradores, no valor de R$ 33 milhões. Bolsonaro já dá como certa a saída e aproxima-se da vice Daniela Reinehr, que pode vir a assumir o cargo. Outros 5 estão na fila.

Veja também

+Cidadania divulga calendário de pagamentos da extensão do auxílio emergencial

+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Entenda por que seu cão segue você até no banheiro

+ Nova Honda CB125F 2021 consegue fazer o recorde de 67 km/l

+ Fazenda 2020: Mariano e Jake se beijam na área externa da casa

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.