O Dia

Ministro defende tributo maior para cigarros e bebidas

Em palestra no TCU, Paulo Guedes diz que Reforma Tributária vai criar 'imposto sobre o pecado'

Após a Reforma da Previdência, a minirreforma trabalhista, chegou a vez da Reforma Tributária ser apresentada. O governo Bolsonaro deve lançar na próxima semana o que o ministro da Economia, Paulo Guedes, chamou de “Imposto sobre o pecado” durante palestra no Tribunal de Contas da União (TCU). Esse imposto, que não teve a alíquota divulgada pelo ministro, incidiria sobre cigarro e bebidas alcoólicas. “Vamos ver no Congresso. O cara fuma muito? Bebe muito? Então, taca imposto nele. Por que, se fuma muito, vai ter problema de pulmão lá na frente, vai ocupar hospital público, então põe logo um imposto nele. Mas vício tem que ser caro, para ver se desincentiva”, afirmou o ministro.

A declaração foi recebida com cautela por especialistas em Direito Tributário. Eles avaliam que Paulo Guedes pode modificar o dispositivo que já existe e não criar um outro imposto. Segundo eles, seria mais prudente. “Os maiores arrecadadores do país são as indústrias de cigarros e bebidas”, explica o advogado Nelson Naibert.

PESO DOS IMPOSTOS

São encargos presentes na carga tributária do cigarro como IPI, ICMS, Programa de Integração Social (PIS) e Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Hoje a carga tributária total sobre os cigarros fica em 81%, sendo 45% de IPI, 11% de PIS/Cofins e 26% de ICMS, segundo a Receita Federal. Já o que incide sobre bebidas alcoólicas vai de 55% a 70%.

Procuradas, as companhias Souza Cruz e Ambev preferiram não comentar a declaração do ministro. Questionado pelo DIA sobre a criação de mais imposto, e sobre o fato de o Brasil ser um Estado laico, ou seja, sem religião – portanto determinar o que é pecado ou não parte da consciência de cada um e não de política de governo -, o Ministério da Economia não se pronunciou até o fechamento dessa edição.


+ Advogada é morta e tem corpo carbonizado no Rio de Janeiro
+ Morre Liliane Amorim, influencer de Juazeiro do Norte, após complicações da realização de lipoaspiração

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+ KTM lança a nova e espetacular 1290 Super Adventure S
+ 7 tendências de design de interiores que vão bombar em 2021
+ Chef revela o segredo de como fazer ovos mexidos cremosos de hotel
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!l
+ Boletim médico de apresentador da RedeTV! indica novo sangramento no cérebro
+ Yamaha se despede da SR 400 após 43 anos de produção