Mundo

Ministra do Equador enfrenta julgamento político por repressão a protestos

Ministra do Equador enfrenta julgamento político por repressão a protestos

(Arquivo) A ministra equatoriana do Interior, María Paula Romo - AFP/Arquivos

O Congresso do Equador iniciou nesta terça-feira (24) um julgamento político contra a ministra do Interior, María Paula Romo, por descumprimento de funções durante os protestos violentos de 2019, que o Executivo considerou uma tentativa de golpe de Estado.

A ministra é denunciada pelo uso de bombas de gás lacrimogêneo fora da validade para dispersar manifestantes e atacar centros de assistência humanitária onde estavam abrigados indígenas que se opunham à alta do preço dos combustíveis decretada pelo governo de Lenín Moreno, que foi derrogada.

Caso seja considerada culpada, a ministra será destituída. Para isso, pelo menos 91 dos 137 membros da Assembleia Nacional devem votar a favor da censura à ministra. Segundo a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), os protestos de outubro de 2019 deixaram 14 mortos e mais de 1,3 mil feridos.

Lenín Moreno, que classificou os protestos como uma tentativa de golpe de Estado, apoia a ministra. Em sua defesa, ela defendeu a atuação da polícia durante as manifestações, embora tenha destacado que não esteve à frente das decisões operacionais.

Sobre o uso de bombas fora da validade, María Paula declarou que, por estarem fora de sua vida útil, “perdem eficácia e efeito tóxico”. Em relação à acusação de que foram lançadas bombas de gás lacrimogêneo contra duas universidades que funcionavam como centros de acolhimento, a ministra comentou que o mesmo ocorreu “de forma acidental”.


+ Advogada é morta e tem corpo carbonizado no Rio de Janeiro
+ Morre Liliane Amorim, influencer de Juazeiro do Norte, após complicações da realização de lipoaspiração

Pelo menos 16 membros da Assembleia de diferentes partidos participaram do julgamento contra a ministra para questionar a sua gestão, e outros 10 deverão comparecer ao plenário antes da decisão.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Atriz e modelo sul-coreana Song Yoo-jung morre aos 26 anos
+ Pais matam as 2 filhas para provar que elas voltariam a vida
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra! + Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel