Ministério do Turismo lança campanha de incentivo ao turismo de natureza

Um caso paradoxal com o Ministério do Meio Ambiente

Crédito: Divulgação

(Crédito: Divulgação)


A tendência para o turismo de natureza já não é mais novidade. São milhares os textos, matérias e pesquisas que constatam que a pandemia trouxe uma necessidade das pessoas se sentirem mais emocionalmente ligadas aos destino e neste caso, o valor para turismo de paisagem aumenta. O turismo de luxo não será mais ligado à ostentação e sim a experiências únicas que envolvem o bem-estar físico e mental. Embarcados na teoria certeira, principalmente depois que o IBGE mostrou um aumento de 18,2% de crescimento no turismo nacional, ligado é claro ao avanço das vacinas no país,  o Ministério do Turismo entra com cards, vídeos, mídias digitais, TV aberta e sites com o slogan “Viaje pelo Brasil. Gigante pela própria natureza”. 

Se tem um país com grande potencial ecoturístico nesse mundo, sabemos que é o Brasil. Riquíssimo em biomas como Amazônia, Pantanal, Cerrado e uma extensa faixa litorânea, provavelmente colocará o país na lista vip dos visitantes estrangeiros, e provavelmente receberá uma maior procura pelos brasileiros também, visto que a idéia do “escapismo” vividos antigamente também diminui, e muito.

“Sabemos que o Brasil ocupará um lugar de destaque no cenário pós-pandemia com seu enorme potencial de turismo de natureza, que será a grande tendência dos viajantes”, ressaltou o ministro Gilson Machado Neto.

Se o Brasil começa a descobrir no turismo uma saída para economia, o que realmente é considerável (uma vez que é um país que só pensa em agro) como proteger nossos biomas e natureza, nossas centenas de parques nacionais, praias e todos os atrativos do turismo de massa, poluição e devastação? Como trabalhar mais a qualidade e menos a quantidade? Como fazer para que nossas riquezas permaneçam intactas sem sofrer depredação? É uma grande preocupação.

Segundo o Ministro, as peças publicitárias retratarão a importância de se praticar um turismo consciente, sustentável e seguro. As ações passarão também pela concessão dos parques nacionais e implementação da chamada RedeTrilhas – uma iniciativa do Governo destinada a conectar pontos de interesse do patrimônio cultural e natural brasileiro por meio de trilhas de longo curso em todo o país. As iniciativas todas, na teoria, parecem muito interessantes. Mas quando se juntam ao (atual) Ministério do Meio Ambiente, é preocupante, pois não há sinal algum de interesse à preservação vindo de lá. Aliás, é preciso atentar para o marketing verde e às empresas que usam a palavra sustentabilidade sem nem saber o que isso significa. O discurso de “produtos amigos do meio ambiente”, “nossa produção não agride a natureza”, “usamos apenas materiais recicláveis” vende, e muito. Mas precisamos ficar de olho em ações concretas, nos projetos de preservação, na preocupação com nossos biomas. Afinal. é um paradoxo o Pantanal estar esquecido em meio às queimadas, a Amazônia estar pautada em desmatamento e esquemas de grilagem, e o Ministério do Turismo promovendo campanha sustentável de turismo de natureza. Oremos.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais


Sobre o autor

Flavia Vitorino é jornalista e turismóloga especialista em destinos e viagens de natureza. Diretora de conteúdo do aplicativo LYFX e agente de viagens pela GO Escape.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.