Economia

Ministério do Trabalho erra comparação de férias entre Brasil e outros países

O Ministério do Trabalho divulgou em suas redes sociais no último domingo, 9, um vídeo em que mostra quantos dias de férias o trabalhador tem direito em diferentes países, segundo a legislação local. Mas, logo que publicado, o conteúdo sofreu críticas dos internautas.

Apesar de ter adotado o critério de dias úteis para todos os países que citava, como Estados Unidos, México, China e Argentina, para o Brasil, o Ministério resolveu utilizar o total de dias corridos.

Assim, a Suécia, por exemplo, em que o trabalhador tem direito a 25 dias úteis de férias, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), parecia garantir período menor do que o Brasil, que ofereceria 30 dias. Porém, diferentemente do que foi publicado pelo Ministério, pelo critério de dias úteis adotado pela OIT, os brasileiros têm direito a 21 dias de folga.

Na segunda-feira, 10, após quase 1.000 comentários na postagem, a Pasta editou o texto que acompanhava o vídeo, admitindo o erro. Na manhã desta terça-feira, 11, o vídeo já não estava mais disponível em sua página no Facebook.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?