Geral

Ministério da Saúde confirma 328 mortes por febre amarela no Brasil

O Ministério da Saúde confirma que 328 pessoas morreram entre 1º de julho do ano passado e 3 de abril deste ano em razão da febre amarela. No mesmo período, foram confirmados 1.127 casos da doença no Brasil. Os números aumentaram em relação ao balanço anterior, quando o registro era de 220 óbitos e 691 casos.

Ao todo, foram notificados, neste período, 4.548 casos suspeitos, sendo 2.441 já descartados e 980 ainda em investigação.

O Ministério da Saúde atualizou na quarta-feira, 4, as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação da febre amarela no País.

No ano passado, considerando o monitoramento de julho de 2016 a 3 de abril de 2017, eram 691 casos e 220 óbitos confirmados. Os informes de febre amarela seguem, desde o ano passado, a sazonalidade da doença, que acontece, em sua maioria, no verão.

“Embora os casos do atual período de monitoramento tenham sido superiores à sazonalidade passada, o vírus da febre amarela hoje circula em regiões metropolitanas do País com maior contingente populacional, atingindo 35,9 milhões de pessoas que moram, inclusive, em áreas que nunca tiveram recomendação de vacina. Na sazonalidade passada, por exemplo, o surto atingiu uma população de 10 milhões de pessoas”, destacou o Ministério da Saúde.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Isso explica a incidência da doença neste período ser menor que no período passado. A incidência da doença no período de monitoramento entre 2017 e 2018, até 3 de abril, era de 3 casos para 100 mil habitantes. Já na sazonalidade passada, entre 2016 e 2017, a incidência foi de 6,8 para 100 mil habitantes.

Vacina

Todo o território brasileiro será área de recomendação para vacina contra a febre amarela. A medida será feita de forma gradual, iniciando neste ano e sendo concluída até abril de 2019. A ampliação é preventiva e tem como objetivo antecipar a proteção contra a doença para toda população, em caso de um aumento na área de circulação do vírus.

Atualmente, alguns Estados do Nordeste, do Sul e Sudeste não fazem parte das áreas de recomendação de vacina. Com a ampliação, devem ser vacinadas 77,5 milhões de pessoas em todo o País. Confira no site do Ministério da Saúde a distribuição dos casos de febre amarela notificados.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel