Mimimi é o teu c*, Bolsonaro

Crédito: Reprodução/YouTube

(Crédito: Reprodução/YouTube)

Dias atrás, a resposta inusitada de um médico, em uma rede social, após ler um comentário idiota sobre vacinas, viralizou e se tornou mais um “meme” de internet no Brasil.

Maurício Lacerda, virologista e professor de medicina em São José do Rio Preto, São Paulo, perdeu a paciência e, de forma simples, rápida e objetiva, assim se manifestou após um idiota afirmar que duas pessoas morreram depois que tomaram a primeira de duas doses da vacina CoronaVac: “ teu c*”.


A indignação do médico teve ao menos dois grandes motivos: 1) ele foi um dos responsáveis pela coordenação da terceira fase dos testes clínicos do imunizante, ou seja, conhece como poucos a eficácia e a segurança da droga. 2) Lacerda faz parte da parcela saudável da sociedade, que já não suporta mais tanta ignorância, tanto negacionismo e tantos idiotas nas redes sociais, metidos a especialistas, dando palpites estúpidos e espalhando notícias falsas.

Como Maurício, eu também estou indignado e com meu saco pra lá de cheio disso tudo. Há pelo menos um ano, aliás. Precisamente, desde que esse maldito novo coronavírus detonou os mínimos fragmentos de razão e humanidade que ainda restavam naquele corpo estéril de bons princípios, bons propósitos e bons modos de Jair Bolsonaro, o verdugo do Planalto.

Para quem, como Maurício e eu, preza por respeito e dignidade humana, manter-se calmo e educado é uma tarefa praticamente impossível. Como aceitar as falas abjetas e imorais deste psicopata que ocupa a Presidência da República? Como aceitar seus desvios e desmandos à frente do combate (qual?) à Covid-19? Como não reagir à altura, ao comportamento homicida deste miserável amigo de milicianos?

Com o perdão da expressão, e com os devidos créditos ao autor: teu cu, Bolsonaro! Mimimi é o teu c*.






Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.