O presidente argentino, Javier Milei, dará um show na quarta-feira (22), durante a apresentação de seu novo livro “Capitalismo, socialismo e a armadilha neoclássica”, na popular arena Luna Park, em Buenos Aires, anunciou seu porta-voz nesta terça-feira.

“O presidente Milei vai participar de um espetáculo no qual ele próprio vai cantar”, disse Manuel Adorni.

O líder ultraliberal, que na juventude foi vocalista de uma banda de rock e costuma cantar trechos de músicas em seus eventos, convocou seus seguidores a comparecerem na noite de quarta-feira ao ginásio, onde estrelas como o americano Frank Sinatra já se apresentaram.

O evento, disse o porta-voz, terá várias partes: primeiro Milei se dirigirá ao público em um púlpito, depois conversará com o deputado aliado do partido no poder José Luis Espert e por último estrelará um show musical.

Adorni não anunciou quantas músicas ele vai cantar e nem quais serão.

A apresentação do livro, que estava marcada para 12 de maio na Feira do Livro de Buenos Aires, foi adiada após divergências entre o governo e a organização do tradicional evento.

O espetáculo acontecerá em meio à tensão diplomática entre Argentina e Espanha, que retirou nesta terça-feira sua embaixadora de Buenos Aires, em meio a um conflito social na província de Misiones (nordeste) com policiais, profissionais de saúde e professores exigindo aumentos salariais.

Adorni considerou que o presidente, que já publicou outras obras, “não festeja absolutamente nada” com este evento e também disse que o show será financiado de forma privada através de receitas obtidas com a venda do livro.

tev/lm/llu/jb/mvv