O português Paulo Fonseca voltará a comandar um clube na Série A: três anos depois de deixar a Roma, o lusitano, que treinou o Lille durante duas temporadas, foi anunciado como o novo técnico do Milan.

“O novo técnico do Milan será Paulo Fonseca”, declarou o sueco Zlatan Ibrahimovic, representante do proprietário do clube, atual vice-campeão italiano, durante uma entrevista coletiva.

“Examinamos com muita atenção tudo que ele faz, como prepara as partidas, queremos que contribua com sua identidade de jogo, seu estilo ofensivo, para a nossa equipe, nossos jogadores. Depois de cinco anos queríamos algo novo, com todo o respeito por Stefano Pioli”, explicou o ex-atacante sueco.

Fonseca, 51 anos, sucede Pioli, demitido ao final da temporada 2023-24, após cinco anos à frente do Milan.

O clube ‘rossonero’ teve uma temporada abaixo do esperado em 2023-24. O Milan, que conquistou o 19º ‘Scudetto’ em 2022, foi eliminado na Liga dos Campeões na fase de grupos, ao terminar em terceiro lugar, atrás de Borussia Dortmund e Paris Saint-Germain.

Na Liga Europa, o time foi eliminado nas quartas de final pela Roma. E no Campeonato Italiano, viu a grande rival Inter conquistar o 20º título na Série A em uma vitória de 2-1 no clássico de Milão.

Fonseca precisa convencer os torcedores do Milan, que esperavam um técnico de mais renome. O português conquistou três ligas da Ucrânia com o Shakhtar Donetsk entre 2016 e 2019, mas não levantou nenhuma taça desde então, nem com a Roma nem com o Lille.

Na temporada passada, o Lille terminou o Campeonato Francês em quarto lugar e se classificou para a repescagem da Liga dos Campeões (4º).

jr/cyj/mdm/iga/zm/fp/yr