Esportes

Mike Tyson revela como a maconha o livrou da bancarrota

Crédito: Reprodução Instagram

Mike Tyson (Crédito: Reprodução Instagram)

Apesar do sucesso dentro dos ringues, o ex-boxeador Mike Tyson não teve o mesmo êxito em sua vida particular. Com inúmeros fracassos financeiros e problemas com a Justiça, o ex-pugilista encontrou na maconha uma oportunidade para se reerguer.

No início dos anos 2000, anos depois de ter deixado o cárcere pela segunda vez, por causa de uma acusação de assédio sexual, Tyson viu sua fortuna ruir. Dos 300 milhões de dólares acumulados durante a carreira profissional, entre cachês e prêmios, ele faliu. Mas sua pior derrota foi de fato a morte da própria filha, que faleceu numa tragédia domiciliar.

Agora, aos 54 anos e quase duas décadas depois da bancarrota, o ex-lutador se reergueu. Mike Tyson encontra-se em uma uma situação confortável novamente.

Segundo o site UOL, muito por causa de seus negócios relacionados à maconha. O consumo da erva para fins recreativos é liberado na Califórnia, nos Estados Unidos, desde 2018. Defensor do uso da maconha, Mike Tyson entrou de cabeça nos negócios relacionados ao produto e estima-se que seus lucros no “Rancho Tyson” chegam a R$ 3 milhões (US$ 610 mil) por mês.

Ainda conforme o UOL, a ideia de Tyson é expandir ainda mais seus negócios com maconha. Ele pretende construir um resort, que terá hotel, spas, pousadas, entre outras coisas. O espaço ainda contará com uma área destinada a sediar festivais anuais sobre maconha, além da “Universidade Tyson”, que terá cursos de agricultura para formar futuros agricultores da erva.

“Cannabis é um remédio. Nesse momento da inteligência mundial, nesse momento da vida, deveriam saber que cannabis não é uma droga. Independentemente da punição que nos dão, não podemos parar de usá-lo. Não vamos parar”, disse Tyson à revista canadense “Kind”.

“Fumo maconha por causa de quem eu sou. Cannabis é quem eu sou. É parte do meu DNA. Eu sei quem eu sou quando uso e quem eu sou quando não uso. E quando não uso, não gosto da pessoa que sou, porque essa pessoa não torna minha vida consistente. Quando não fumo maconha, esse cara fica procurando por problemas. A erva foi feita para mim”, completou.

Veja também

+ Há 20 anos, Madonna era humilhada em BMW pelo ex; assista
+ Erika Schneider mostra antes e depois após plásticas
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior
+ Diferença de altura gritante faz casal viralizar nas redes sociais
+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Apresentadora Clarice Amaral morre aos 84 anos

Tópicos

maconha Mike Tyson