A família proprietária da maior fabricante de eletrodomésticos da China, o Midea Group, planeja desmembrar parte de seu negócio Midea Real Estate, listado em Hong Kong, em uma empresa privada, que também controlará. Será oferecido aos investidores externos um pagamento em dinheiro ou a opção de receber ações da empresa.

O restante negócio listado será um negócio “asset-light” de margens mais altas, com foco em áreas como administração de propriedades, propriedades comerciais e parques industriais.

O negócio que está sendo desmembrado representou cerca de 95% da receita total da companhia no ano passado, mostrou um documento.

A Forbes estima que os fundadores da Midea, He Xiangjian e sua esposa Lu Deyan, tenham uma fortuna de quase US$ 25 bilhões atualmente.

Ao contrário de muitos dos seus pares do setor imobiliário chinês, a Midea Real Estate não entrou no vermelho, mas o seu lucro caiu drasticamente desde 2021.

As ações da Midea Real Estate saltaram 70% nesta segunda-feira. Fonte: Dow Jones Newswires