Economia

Microsoft interrompe negociações para comprar TikTok nos EUA, dizem fontes

A Microsoft pausou as negociações para adquirir as operações do TikTok nos Estados Unidos após o presidente Donald Trump ter dito que se opõe ao acordo, de acordo com fontes consultadas pela Dow Jones.

As falas de Trump fizeram com que o aplicativo chinês fizesse novas concessões, inclusive aceitando criar 10 mil empregos nos EUA nos próximos três anos. Mas não está claro se isso vai alterar a posição do presidente, segundo as fontes.

A Microsoft tinha conversas avançadas com a controladora do TikTok, Bytedance. Elas caminhavam para um acordo que acreditavam ser adequado ao objetivo da Casa Branca, de que o aplicativo fosse adquirido por uma empresa americana.

Os planos foram interrompidos quando Trump disse a repórteres que preferia banir o aplicativo e não apoiaria a venda. Antes, as empresas acreditavam que os termos gerais do acordo poderiam estar fechados na segunda-feira.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

EUA Microsoft tiktok