Esporte

Michel Platini participará do congresso da Uefa em Atenas

Michel Platini “participará do congresso da Uefa em Atenas em 14 de setembro a convite do comitê executivo” para seu discurso de despedida, antes da eleição de seu sucessor, afirmou à AFP fontes próximas ao ex-dirigente francês.

O diário francês L’Équipe revelou nesta quarta-feira que Platini havia sido convidado pela Uefa para participar do congresso da entidade.

Platini, que “agradece a confiança (dos membros da Uefa), estará presente para entregar ao congresso seu mandato de presidente”, confirmou fontes próximas ao dirigente.

“Ele irá com seus próprios meios e não dará entrevista coletiva, preferindo reservar suas palavras para os representantes das federações nacionais” membros da Uefa.

Platini havia anunciado em 9 de maio que entregaria o cargo de presidente da Uefa, após a decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) de reduzir sua suspensão de toda atividade ligada ao futebol de seis a quatro anos.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Questionada pela AFP para saber se a presença de Platini no congresso poderia ser considerada uma violação da punição, a Fifa admitiu que a participação do francês “sem um requerimento prévio da Uefa seria problemática”.

A entidade garantiu não ter recebido pedido algum por parte da Uefa. “A data do congresso eletivo da Uefa é de conhecimento público há tempo, então por que a Uefa não nos enviou um requerimento antes?”, perguntou o porta-voz da comissão de ética.

O ex-capitão da seleção francesa foi punido pela justiça interna da Fifa no caso polêmico do pagamento de 1,8 milhão de euros recebidos de Joseph Blatter, presidente destituído a a Fifa.

Blatter também recorreu ao TAS em agosto para contestar a suspensão de seis anos.

Com a desistência do espanhol Angel María Villar na terça-feira, restam apenas dois candidatos à sucessão de Platini: Michael van Praag, presidente da federação holandesa, 68 anos, e seu homólogo esloveno Aleksander Ceferin, 48 anos.

Cada uma das 55 federações membros da Uefa dispõe de um voto.

pgr/es/psr/mcd/am

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

fbl FRA Uefa