Cultura

Michael B. Jordan lança coleção de roupas inspirada em ‘Naruto’

Michael B. Jordan anunciou esta semana, em seu perfil no Instagram, o lançamento de uma coleção de roupas inspirada no universo de Naruto. O ator fez parceria com a marca Coach, da qual é o primeiro embaixador masculino.

Na rede social, Jordan mostrou algumas peças: camisetas, uma pochete e uma jaqueta jeans. Esta última se destaca pelo desenho do personagem principal do anime na parte de trás.

Em vídeo publicado pelo ator e também pela grife no YouTube, é apresentado um tênis urbano com o símbolo do olho de Naruto, que aparece quando ele consegue dominar e aplicar duas energias juntas: a da raposa de nove caldas e a da natureza.

“Fã de longa data de mangás, Michael B. Jordan colocou referências de sua série favorita de infância – Naruto – em nossa edição limitada”, escreveu a Coach ao publicar uma foto do ator na rede social. A marca também mostrou que uma mochila faz parte da coleção.

“Foi importante fazer o design de peças que representam minhas influências culturais e comunidade”, disse Jordan. “Eu quis criar peças que eu pudesse ver meus amigos, família e fãs vestindo com orgulho”, completou.

Michael B. Jordan é conhecido por seus papéis nos filmes Pantera Negra, Creed e Quarteto Fantástico.

Veja também

+ Cartucho de videogame do Super Mario Bros. é leiloado por US$ 114 mil e quebra recorde
+ Moto pega fogo ao ser desinfectada; veja o vídeo
+ Aparência de apresentadora da TV britânica choca redes sociais
+ Empresário de 34 anos morre após cair do parapente no Espírito Santo
+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Neto de Elvis Presley é encontrado morto, diz site
+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior