Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Na terça-feira (7), a Polícia Militar prendeu um homem, de 26 anos, por ele ter inventado que havia sido furtado em Juiz de Fora, Minas Gerais. De acordo com os agentes, ele vendeu os objetos para comprar drogas e inventou o crime para enganar a sua esposa. As informações são do O Tempo.

O homem contou aos policiais que estava realizando alguns reparos para uma empresa de telecomunicações e deixou os seus pertences no carro.

Quando voltou, percebeu que sua carteira, documentos pessoais e um aparelho celular tinham sido furtados.

Contudo, ao analisarem o veículo, os policiais militares perceberam que o carro não estava danificado. Ao ser questionado, o homem começou a dar versões contraditórias.

Depois de uma longa conversa, ele admitiu que inventou o crime. Disse que vendeu os pertences para comprar drogas e inventou o furto para enganar a sua esposa.

O homem foi preso e levado até a Delegacia de Polícia Civil da cidade.